Saber de Peixe

Espaço cultural

Peixe para sushi e sashimi

O Sushi e o Sashimi, tal como hoje os conhecemos, são iguarias da recente tradição gastronómica japonesa, confecionadas à base de peixe cru vinagrado.

O Sushi é confecionado com peixe cru e frutos do mar, normalmente servido em pedaços enrolados com arroz temperado, vegetais, frutas, ovos e algas.

A receita original do Sushi é feita com molho de vinagre, açúcar e sal, acompanhando peixes variados e servido com wasabi, uma pasta feita com uma raiz que tem cor verde e um sabor forte.

Antigamente, o Sushi era vendido em barracas no meio da rua no Japão, como uma espécie de fast food da época.

Etimologicamente, a palavra Sushi vem do japonês arcaico e significa literalmente "é azedo", isto porque, a receita original era feita a partir de uma técnica oriental milenar de conservação de peixes em arroz vinagrado e fermentado.

Atualmente, o Sushi conquistou o mundo ocidental, sendo um prato apreciado em quase todos os países do mundo, apesar de ter sofrido inúmeras alterações à sua versão original, adaptando-se às novas tendências e preferências culturais do consumidor.

O Sashimi é exclusivamente confecionado com pequenos pedaços de peixe cru ou frutos do mar, especialmente fatiados segundo apuradas técnicas japonesas e servido com shoyo, wasabi, gengibre ou outros condimentos orientais.

A origem do Sashimi não é clara. Segundo uns, os peixes eram pescados um por um e mortos com um corte na cabeça; depois, eram postos no gelo para que pudessem permanecer por mais tempo frescos. Para outros, os peixes eram cortados em pequenos pedaços e pendurados por anzóis, antes de serem servidos na refeição.

Etimologicamente, a palavra Sashimi vem do japonês sashi ("furado" ou "preso") e mi ("corpo" ou "carne"), significando "carne perfurada" ou "corpo furado". A explicação para nome está na técnica de pesca dos peixes que eram utilizados na preparação do Sashimi.

Atualmente, o Sashimi também impôs nas preferências alimentares do ocidente, sendo um prato apreciado em quase todos os países do mundo, com especial destaque para os preparados à base de salmão, se bem que também com inúmeras variações regionais comparativamente à sua versão inicial japonesa.

No Japão, o Sashimi é normalmente servido como entrada para que o tempero dos outros pratos não interfira no paladar do Sashimi.


Tabela de tempo de cozer marisco

O tempo de cozedura vária de espécie para espécie e também consoante o tamanho da espécie que se vai cozer.

A seguir, apresenta-mos a tabela com os tempos de cozedura para os diferentes tipos de marisco.

Num tacho coloca-se água suficiente para cobrir o marisco e bastante sal, depois os mariscos.

Acende o lume e começa a contar o tempo de cozedura depois de levantar fervura.

Búzio 15 Minutos

Burrié 3 Minutos

Buzinas 1 Hora

Canilha 30 Minutos

Para os restantes mariscos coloca-se um tacho com água suficiente para cobrir o marisco e bastante sal, depois de levantar fervura coloca-se o marisco dentro do tacho e só depois de voltar a levantar fervura é que se conta o tempo de cozedura.